Directas do PSD realizam-se amanhã – Perspectivas dos mandatários do distrito
Publicado | 2020-01-10 04:05:55
 
O Partido Social Democrata vai realizar amanhã o acto eleitoral para eleger directamente o presidente do partido.
 
O actual presidente do PSD, Rui Rio, o antigo líder parlamentar, Luís Montenegro, e o actual vice-presidente da Câmara de Cascais, Miguel Pinto Luz, são os candidatos a votos, nas primeiras directas em que haverá uma disputa a três. A Planície falou com os mandatários do distrito de Beja.
Bernardo Nascimento da candidatura de Rui Rio, referiu que “as perspectivas são boas. Espero acima de tudo, que haja uma excelente participação nestas eleições, que os militantes tomem a melhor decisão para eleger o presidente do PSD. Espero que aconteça já no dia 11 de Janeiro.” O mandatário acrescentou que “eu penso, claramente, que o Dr. Rui Rio é a pessoa certa para continuar à frente do PSD.”
João Guerreiro, mandatário de Luís Montenegro afirmou que “as minhas perspectivas são que a candidatura de Luís Montenegro possa ganhar à primeira volta. Possa ganhar para devolver a esperança ao PSD e naturalmente ao País que não se revê nesta governação socialista.”
José Diogo Santos, mandatário de Miguel Pinto Luz, salientou que “o Miguel acima de tudo seja vencedor, numa 1ª ou numa 2ª volta. Conto que os militantes do Partido Social Democrata, no próximo dia 11, possam eleger o Miguel. Aquilo que se quer com estas eleições é que o partido se volte a unir, que os militantes possam caber todos dentro do partido.”
A eleição directa do presidente por todos os militantes foi introduzida no PSD em 2006 pelo então líder Marques Mendes, mas só em 2012 foi colocada nos estatutos a obrigatoriedade de uma segunda volta sempre que um candidato não obtenha a maioria dos votos.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
35 34
16 16
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda