Orçamento e GOP da autarquia de Moura – Segundo os eleitos da CDU “Não acontece nada de novo neste orçamento”
Publicado | 2019-12-04 05:10:24
 
Os eleitos da CDU da Assembleia Municipal de Moura, a exemplo do que já tinha sucedido na reunião de Câmara votaram contra a proposta de Orçamento e GOP para 2020.
 
João Ramos justifica a tomada de posição por parte da CDU “a razão deste voto contra tem desde logo, a ver com o facto de o Presidente da Câmara não ouvir as propostas da CDU, como deve fazer em termos legais. Delega essa função no vereador que está a elaborar o plano do Orçamento. É uma dificuldade em lidar com o contraditório e a CDU não concorda com esta matéria.”
João Ramos acrescenta que “entendemos que por opção do Partido Socialista, quer no Governo, quer na gestão do Município, o Orçamento está privado de um conjunto de verbas que são significativas. Verbas que têm a ver com a participação dos impostos do Estado que contribuem para o Orçamento Municipal.
Também por opção do PS na gestão da Câmara não acontece nada de novo neste Orçamento. Já são dois de seguida, desde 2017, em que não há nada de novo.”
O eleito da CDU refere que “naquilo que é o seu conteúdo há aumento da despesa corrente, quando antes defendiam a sua redução.”
A CDU aponta ainda que “mantém-se uma orientação que vai do assistencialismo à injustiça social, de que são exemplos os incentivos à natalidade. 
Não é evidente uma política ou estratégia para as empresas do sector municipal ou do sector privado. 
Não há uma estratégia para o sector de gestão da água, para além da sua privatização.
Mantêm-se a ausência de medidas consistentes na área da eficiência energética e da eficiência hídrica e previsão de investimento residual a nível do abastecimento de água e águas residuais.”
Os eleitos na Assembleia Municipal de Moura sublinham que “com sentido de responsabilidade com os habitantes do nosso concelho e após verificar que nada foi alterado após a reunião no âmbito do Estatuto da Oposição e que não existe uma perspectiva de colocar o Município ao serviço do futuro do concelho, a CDU não se pode rever neste documento. Quanto mais profunda for a política de estagnação, maior é a empenho da CDU em manter uma linha de oposição séria, positiva e construtiva ao serviço dos interesses das populações do concelho de Moura. Existe uma política alternativa, pela qual continuaremos a pugnar. O concelho de Moura poderá sempre contar com a CDU.”
Recordamos que tanto na reunião de câmara como na Assembleia Municipal, a CDU de Moura votou contra o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para 2020, que foi aprovado por maioria com 13 votos a favor do PS, 10 contra da CDU e 2 abstenções do PSD. 
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
34 36
14 15
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda