Distrito de Beja perde eleitores, mas volta a eleger três deputados
Publicado | 2019-10-03 17:36:29
 
O distrito de Beja perdeu habitantes, mas mantém o peso político e volta a eleger três deputados nas eleições legislativas de Outubro.
 
Com 10.229 quilómetros quadrados, o distrito é o maior de Portugal em área e tinha em média no ano passado 141.897 habitantes distribuídos por 14 concelhos.
O número significa uma perda de 10.861 habitantes desde o Censos de 2011, quando tinha 152.758.
Actualmente, há 123.032 eleitores inscritos no distrito, menos 5.894 do que os registados nas legislativas de 2015, segundo dados do Ministério da Administração Interna.
O distrito de Beja, o segundo de Portugal com menos eleitores, a seguir ao de Portalegre, ainda tem o número suficiente para continuar a eleger três deputados.
Nas anteriores legislativas, votaram no distrito 74.485 eleitores, 57,77% dos inscritos, o que corresponde a uma abstenção de 42,23%.
O PS conquistou 37,29% dos votos e elegeu Pedro do Carmo; a CDU, que reúne PCP e PEV, conseguiu 24,96% e elegeu João Ramos, substituído por João Dias em 2018; e a coligação PSD/CDS-PP obteve 20,11% e elegeu Nilza de Sena.
O concelho do distrito com mais população é o de Beja, com 33.677 habitantes (média em 2018), e o menos povoado é o de Barrancos, com 1.657 habitantes.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
14 14
6 5
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda