“Floresta Segura 2019” hoje no concelho de Moura
Publicado | 2019-02-05 04:34:26
 
A obrigatoriedade de manutenção das faixas de gestão de combustíveis constitui uma das medidas preventivas previstas no Decreto Lei n.º 124/2006, de 28 de Junho com redacção actual, com o objectivo de reduzir o número de incêndios rurais.
 
Assim e segundo nota do Governo, “a prática mais comum da gestão de combustíveis consiste na limpeza dos terrenos, através do corte e remoção da biomassa vegetal neles existentes. Uma correcta e oportuna gestão de combustíveis constitui um elemento essencial para a minimização do risco de incêndio.” Por sua vez a Guarda Nacional Republicana (GNR) tem vindo a exercer um enorme esforço na realização de acções de sensibilização junto da população, com o intuito de promover e fomentar boas práticas agrícolas e acima de tudo transmitir uma mensagem de dever cívico na prevenção generalizada aos incêndios rurais, partindo da premissa que a floresta é de todos e que a todos cabe preservar e proteger. Segundo informação da GNR “na sequência das acções realizadas, constatou-se que muitos terrenos continuam a carecer de limpeza, de forma a salvaguardar a manutenção das faixas de gestão de combustíveis e assim contribuir para a redução do elevado número de incêndios rurais. “

A falta de manutenção das faixas de gestão de combustíveis (limpeza dos terrenos) constitui infracção do foro contra-ordenacional e os seus responsáveis incorrem em coimas de 280 € a 10.000€, no caso de pessoa singular, e de 1.600 € a 120.000€, para pessoas colectivas. Hoje, dia 5 de Fevereiro, na U.F. Safara e Santo Aleixo, vai ter lugar uma acção de sensibilização porta a porta.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
19 19
6 6
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda