Greve dos enfermeiros hoje no distrito de Beja
Publicado | 2019-01-25 04:23:09
 
Segundo um comunicado do Sindicato dos enfermeiros portugueses, a falta de resposta da Administração Regional de Saúde e do Governo, com o agravamento dos problemas do ACES e da DICAD são razões para a greve.
 
Edgar Santos, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, disse à Planície que “o Governo não deu qualquer resposta às principais questões problemáticas dos enfermeiros, cujos objectivos se prendem com a correcta contabilização dos pontos para efeitos de descongelamento das progressões e o encerramento da negociação da carreira por parte do Ministério da Saúde.”

“Assim, os enfermeiros reclamam a justa e correta contagem de pontos para todos os enfermeiros independentemente do vínculo contratual. E que o Governo cumpra o que assumiu quando se propôs negociar a carreira, isto é, a sua valorização e dignificação", referiu Edgar Santos. 

Hoje é o último dia de greve dos 4 dias que foram agendados e que abrangeram o continente e os Açores.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
35 35
16 18
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda