Governo garante financiamento para aumentar regadio de Alqueva
Publicado | 2017-11-15 04:58:51
 
O Ministro da Agricultura, Florestas e do Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, confirmou ontem, no decorrer do debate sobre o Orçamento do Estado para 2018, que ainda este mês, de Novembro, será celebrado um contrato de empréstimo de 260 milhões de euros com o Banco Europeu de Investimentos para reforçar a aposta no regadio, no armazenamento de água e no uso eficiente deste bem natural fundamental para a vida humana, a fauna e a flora.
 
Após meses de trabalho e de negociações, o governo socialista consegue desta forma concretizar a obtenção de recursos financeiros para aumentar a área de regadio do Alqueva em mais 50 mil hectares até 2022, onde se incluem os canais de rega de Amareleja e Póvoa de São Miguel.

Pedro do Carmo, Deputado Socialista, por Beja, considera esta uma boa notícia para o Baixo Alentejo, para os agricultores e produtores e para a ambição de dar mais futuro ao Mundo Rural.

Uma boa notícia, igualmente, para a sustentabilidade do fornecimento de água para o consumo humano nos municípios de Castro Verde, Almodôvar, Ourique e parte dos municípios de Odemira e Mértola.

Sendo igualmente uma boa notícia para a região, mas é também uma boa notícia para os municípios do sul do Baixo Alentejo na medida em que, entende o Deputado, neste impulso estrutural e reformador do governo está contemplada a ligação da água do Alqueva da Barragem do Roxo à Barragem do Monte da Rocha. Esta ligação é vista como decisiva para a sustentabilidade e para a ampliação da capacidade produtiva desses territórios está contemplada no Plano Nacional de Regadios através de um investimento de 14 milhões de euros.

Ainda segundo Pedro do Carmo, num quadro de grande dificuldade para a região por via da falta de água e da seca que tem vindo a manifestar-se, esta é uma iniciativa que vem recuperar tempo perdido por outros na resolução de problemas estruturais do nosso território e é um contributo importante para a construção de um futuro sustentável com boa utilização dos recursos naturais, do armazenamento ao uso eficiente.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
22 23
8 7
 
 

Nome:

Email:

 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda