ADPM convida agricultores para instalação de Sistemas Agroflorestais
Publicado | 2017-11-08 03:55:32
 
A Associação de Defesa do Património de Mértola, no seguimento do trabalho iniciado em 2016, lança o desafio aos agricultores do Alentejo tendo em vista a instalação de sistemas agro-florestais.
 
Prevê-se a instalação de 7.000 plantas, em prol do desenvolvimento agro-florestal e dos sistemas alimentares locais.

Os agricultores interessados deverão entre outros requisitos possuir uma parcela em condições de ser arborizada com dimensão entre 1 e 2 há; a parcela deverá localizar-se na região do Alentejo; o agricultor deverá fazer a instalação com compasso definitivo; escolher no mínimo espécies de duas categorias diferentes; ter capacidade de regar as plantas instaladas conforme as suas necessidades, entre outros requisitos que deverão ser cumpridos.

As candidaturas não têm formato definido e devem ser sucintas. Todavia, devem conter o máximo de elementos sobre os factores de selecção mencionados anteriormente.

Ricardo Silva, da ADPM, contou à Rádio Planície que o que se pretende com este projecto é promover o sistema agro-florestal. Para o efeito este projecto irá atribuir uma verba para a instalação de árvores e outras plantas.

O proponente compromete-se a assegurar o sucesso das plantas nos anos seguintes à instalação e a fornecer informação e acesso para monitorização.

Este projeto é financiado pela cadeia de Hotéis Accor e a coordenação está a cargo da ADPM.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
22 23
8 7
 
 

Nome:

Email:

 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda