“O partido absteve-se em todos os investimentos regionais sem financiamento comprovado” PSD de Beja
Publicado | 2020-11-30 04:04:08
 
A Comissão Política Distrital do PSD de Beja, em nota de imprensa, sublinha que, a abstenção do PSD, em relação à proposta apresentada pelo PCP sobre a remodelação do Hospital de Beja tem a ver com o facto de não ser comprovado o seu financiamento.
 

O presidente da Comissão Distrital, Gonçalo Valente, referiu à Planície que “o PSD absteve-se em todos os investimentos regionais que não fossem comprovados o seu financiamento, e foram alguns apresentados nesta última discussão”.

“Esta tomada de posição deveu-se substancialmente à situação extrema que atravessamos. O Orçamento, que o Governo apresentou, é um Orçamento em que o PSD não acredita na sua execução. Portanto, estar a acrescentar mais investimentos sem que seja minimamente justificada a proveniência das verbas, para esse efeito, votando a favor, tornava o PSD tudo menos sério”. Acrescenta o político.

No entanto, “não posso dizer que fiquei contente, por ver a hipótese  de um novo investimento na região ser incluído no O.A. e essa proposta não ter sido aprovada. Entendo a posição nacional. O PSD, perguntou de que forma é que o Governo, poderia subsidiar este investimento e essa pergunta teve uma resposta completamente deserta. Não houve qualquer resposta. A abstenção do PSD garantia não ser um obstáculo nesta matéria”. Disse Gonçalo Valente.

Em comunicado a Comissão Distrital do Partido Social Democrático de Beja refere que “o Presidente do Partido, Rui Rio, foi claro ao dizer que todos os votos a favor têm de ser sustentados, numa demonstração efectiva do cabimento orçamental para cada investimento.

Nem o PCP nem o Governo asseguraram essa verba. Desta forma o mais natural era votarem uma proposta que não iria ser concretizada, à imagem de tantas outras que foram aprovadas, apenas para agradar no momento e garantir o apoio Parlamentar”. Salienta ainda que “não estaríamos aqui a discutir a abstenção do PSD, se o PCP tivesse incluído este investimento nos acordos que fez com o Governo, de forma a que o orçamento fosse viabilizado”.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda