2011-12-19 06:17:00

Câmara Municipal de Moura questiona ANACOM sobre TDT

Verificando que o concelho de Moura será um dos que não estará abrangido pela TDT, via terrestre, embora tenha cobertura digital, a Câmara Municipal de Moura decidiu pedir esclarecimentos à TDT, uma vez que a explicação dada no site da empresa, remete apenas para uma “impossibilidade técnica”. Santiago Macias, vereador da autarquia mourense, considera que há uma discriminação negativa entre o interior sul do país e o litoral.


Recorde-se que, em entrevista ao Jornal A Planície, Eduardo Cardadeiro, o administrador da ANACOM que tem o pelouro da TDT, garantiu que a Televisão Digital Terrestre chegará a todos portugueses, sem excepção, embora numas zonas o sinal chegue via terrestre e noutras via satélite. No caso da via terrestre, quem tem televisão preparada para receber o sinal, apenas terá que orientar o sinal, e quem não tem, terá que adquirir um descodificador. Na situação da televisão digital chegar via satélite, todas as televisões terão que ter o Kit TDT Complementar. Todos os exemplos servem para quem não possui qualquer tipo de serviço televisivo pago e usufrua apenas dos quatro canais portugueses. Ora é precisamente esta situação que a autarquia de Moura deseja ver esclarecida, ou seja, que razões existem para justificar que hajam zonas do país não abrangidas pelo sinal terrestre.

   
Leia esta e outras notícias na integra, na edição impressa do Jornal A Planície.

 



 
     
     
 
.
  No ar agora:
  .
Pub
.