2012-04-26 05:33:00

Aumento do numero de pedidos de ajuda levam Bancos alimentares ao limite

Os efeitos da crise fizeram aumentar os pedidos de ajuda e os bancos alimentares estão com dificuldades na capacidade de resposta. A presidente do Banco Alimentar contra a Fome disse, no sábado à noite, que se está “a atingir o limite daquilo que é possível no apoio”. Apesar de reconhecer que a solidariedade também cresceu, Isabel Jonet lembrou que é importante que Portugal crie o seu programa alimentar. Esta responsável considerou ainda absolutamente necessário que Portugal crie o seu próprio programa alimentar, até porque é o único Estado europeu cujos programas são baseados no programa europeu. Em Beja vive-se uma situação idêntica. Desde que Portugal foi atingido pela grave crise económica em que, de resto, ainda se encontra, os pedidos de ajuda à Cáritas Diocesana de Beja têm crescido exponencialmente, revelou Teresa Chaves, presidente da instituição no Baixo Alentejo, o que tem também deixado a instituição preocupada, uma vez que é cada vez mais difícil atender a todos os pedidos.




   
Leia esta e outras notícias na integra, na edição impressa do Jornal A Planície.

 



 
 
Nome:

Email:

Sugestão:

 
Email:

ok